imagem conceitual design

DESIGN

Na Tre, utilizamos algumas metodologias para construção e análise de imagens e textos. Assim, organizamos o principal material de nosso trabalho - a documentação criativa e normativa de sistemas de identidade -, gerando manuais e guias de utilização de marca. Em toda ação de comunicação, existem duas variáveis para nós: velocidade e temperatura, ou seja, somos impactados por razão e emoção ao mesmo tempo. Desta maneira, podemos nos “abrir” para um entendimento mais eficaz em determinada situação, sem moldes, e sim com modelos amparados por teorias consagradas e novas explorações intelectuais dentro do universo do design.

Definição de Design pela ICSID

“Design é uma atividade criativa cuja finalidade é estabelecer as qualidades multifacetadas de objetos, processos, serviços e seus sistemas, compreendendo todo seu ciclo de vida. Portanto, design é o fator central da humanização inovadora de tecnologias e o fator crucial para o intercâmbio econômico e cultural.

O design procura identificar e avaliar relações estruturais, organizacionais, funcionais, expressivas e econômicas, visando:

  • ampliar a sustentabilidade global e a proteção ambiental (ética global);
  • oferecer benefícios e liberdade para a humanidade como um todo, usuários finais, individuais e coletivos, protagonistas da indústria e comércio (ética social);
  • apoiar a diversidade cultural, apesar da globalização do mundo (ética cultural);
  • dar aos produtos, serviços e sistemas, formas que expressem (semiologia) e sejam coerentes com sua própria complexidade (estética).

O design diz respeito a produtos, serviços e sistemas concebidos a partir de ferramentas, organizações e lógica, introduzidos pela industrialização e não apenas quando produzidos por meio de processos seriados. O adjetivo ‘industrial’ associado ao design deve relacionar-se ao termo indústria, ou no seu sentido de setor produtivo, ou em seu sentido mais antigo de ‘atividade engenhosa, habilidosa’. Assim, o design é uma atividade que envolve um amplo espectro de profissões onde todos participam: produtos, serviços, gráfica, interiores e arquitetura. Juntas, essas atividades devem ampliar ainda mais de forma integrada com outras profissões relacionadas ao valor da vida. Dessa forma o termo designer se refere a um indivíduo que pratica uma profissão intelectual, e não simplesmente oferece um negócio ou presta um serviço para as empresas.”